A perda auditiva é o resultado de alguma alteração no sistema auditivo e sempre deve sempre ser diagnosticada por um profissional, como um fonoaudiólogo ou um otorrinolaringologista.

A perda de audição, quando não reparada, pode causar isolamento, sentimento de inferioridade, depressão e ansiedade, além de conflitos com as pessoas de seu convívio, seja pessoal ou profissional.

  • Excesso ou acúmulo de cerúmen;
  • Infecções no canal auditivo externo;
  • Perfuração timpânica;
  • Infecção ou líquido na orelha média;
  • Otosclerose;
  • Processo de envelhecimento;
  • Exposição excessiva ao ruído;
  • Uso de medicamentos tóxicos para o sistema auditivo;
  • Traumas acústicos;
  • Entre outros.

Perda auditiva condutiva

É uma alteração na orelha externa ou média, interferindo na transmissão do som até a orelha interna.

Perda auditiva neurossensorial

Resulta de danos nas células ciliadas localizadas na cóclea, na orelha interna.

Perda auditiva mista

É a combinação entre a perda auditiva condutiva e neurossensorial.

Perda auditiva central

Este tipo de deficiência auditiva não é, necessariamente, acompanhado de diminuição da sensitividade auditiva, mas manifesta-se por diferentes graus de dificuldade na compreensão das informações sonoras. Decorre de alterações nos mecanismos de processamento da informação sonora no sistema nervoso central.

  • Ouço, mas não entendo o que as pessoas falam”, costuma ser uma queixa frequente;
  • Pedir aos outros para repetir o que falaram;
  • Isolamento social;
  • Dificuldade para escutar em lugares em que as fontes de som estão distantes (Ex.: teatros, cinemas, salas de reuniões, palestras, etc);
  • Dificuldade para escutar televisão e/ou telefone.

Perda Auditiva de grau leve

Perda Auditiva de grau moderado

Perda Auditiva de grau severo

Perda Auditiva de grau profundo

Precisa de ajuda?

Entre em contato conosco para agendar um teste da sua audição. Nós podemos melhorar sua qualidade de vida.

Contato